segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Coreia do Norte Um segredo de estado do Blog da Rita Colaço

O governo norte-coreano proibiu as mulheres norte-coreanas de andarem de calças, caso contrário serão condenadas a trabalhos forçados ou, então, ficam obrigadas a pagar 700 won (moeda local), o equivalente a uma semana do salário [...]Calças só para homens
 
Foto do Tomas Van Houtryve http://www.tomasvanhoutryve.com/
 
Coreia do Norte Um segredo de estado

HINO NACIONAL

 

Virus entre Virus

E a VARA pensou que escaparia!
Não esqueçam queremos mais lama, mais festas e principalmente muitos apertos de mãos!
Sem máscaras é claro!

domingo, 30 de agosto de 2009

BRAVA GENTE BRASILEIRA

BRAVA GENTE BRASILEIRA


Dando vida à idéia do Languardia (Brasil - Liberdade e Democracia), a campanha de conscientização política em torno do 7 de setembro já está praticamente pronta. Estou felicíssima em ter criado a imagem do movimento e, abusada, ainda sugeri as instruções!

A
gora só falta a adesão de cada um de vocês leitores, amigos, indignados e blogueiros. Temos que lutar por um país mais ético, moral, honesto e livre. As Excelências precisam saber que, ao contrário delas, por incrível que pareça, há BRASILEIROS apaixonados por este país!

Conclamo todos a abraçar essa campanha que se estenderá de 07 a 20 de setembro.

As regras da campanha são as seguintes:

1. Durante o período de 07 a 20 de setembro, exibia a imagem do logo como o primeiro post de seu blog ou deixe-a fixa no topo da barra lateral;

2. O texto padrão junto ao logo deve ser:

"BRAVA GENTE BRASILEIRA, LONGE VÁ TEMOR SERVIL!
Comemoramos o Dia da Independência do Brasil, resgatando nosso patriotismo adormecido e protestando contra os abusos, a corrupção e a impunidade de uma classe política que zomba e se lixa para nós. Repasse essa campanha adiante. Nosso país agradece".

3. Exiba a imagem e o texto em todos os perfis que possuir (orkut, twitter, gmail, facebook, myspace, MSN, etc);

4. Envie esta mensagem também para:
- Senado Federal: Alô Senado http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=alo_sugestoes&area=alosenado
- Câmara Federal: Fale com o deputado: http://www2.camara.gov.br/canalinteracao/faledeputado
- Supremo Tribunal Federal – Central do Cidadão - http://www.stf.jus.br/portal/centralCidadao/enviarDadoPessoal.asp- Procuradoria Geral da União - pfdc@pgr.mpf.gov.br
-
Presidência da República – Fale com o Presidente - https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php


5. Enviem essa campanha (imagem, texto e instruções) por email para toda sua lista de contatos, para todos os seus conhecidos, para os seguidores de seu blog, para as autoridades de seus municípios, para os jornais, revistas, rádios e emissoras de TV, etc.

Contamos com a colaboração de todos. Nosso país agradece!

Via Blog da Thays

Itacaré com o maior indice de Meningite Meningocócica da Bahia

Meningite já matou 87 na Bahia em 2009

Chega a 768 o número de casos confirmados de meningite na Bahia neste ano. 87 pessoas morreram vítimas da doença no estado. 36 municípios registram meningite Meningocócica, uma das formas mais perigosas da doença.

No sul da Bahia, há registro de mortes em Itabuna e Ilhéus. A situação também é preocupante em Itacaré. Apesar de não ter registrado nenhuma morte neste ano, o município têm um dos maiores índices de Meningocócica, 7,4%.

Itabuna registra índice de incidência de Meningocócica de 0,5%. Em Ilhéus a incidência é de 1,8%. Essa forma da doença já matou quatro pessoas neste ano nos dois municípios. Em Ilhéus, das quatro que contraíram a Meningocócica, três morreram. A doença foi responsável por 30 das 87 mortes, sendo 19 ocorridas em Salvador. A capital registrou 65 casos da meningite Meningocócica. A Região.

Boletim

...

E o mais dramático é que a população desconhece os sintomas e nem sabe o que é Meningite!
...

O que é?
É uma inflamação das meninges, as membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. É causada, principalmente, por vírus e bactérias, o que faz com que existam vários tipos de meningites. Nem todas, no entanto, são contagiosas ou transmissíveis, mas qualquer tipo de meningite precisa ser comunicada às autoridades sanitárias, pelo médico ou pelo hospital onde o paciente está internado.

O que causa a doença?
Uma das causas mais comuns são as infecções virais (depois de uma gripe, por exemplo, ou como uma complicação em pessoas com herpes simples . O tipo considerado realmente sério – podendo resultar muitas vezes inclusive em morte ou em danos no cérebro – é a meningite causada por bactérias. Especialistas chamam a atenção para o fato de a doença poder ser originada também por fungos, alergia a medicamentos e tumores.

É uma doença de criança?
Em princípio, contrai-se meningite em qualquer idade, mas as estatísticas mostram que crianças menores de 5 anos são as mais atingidas. Os bebês de 6 meses a 1 ano são apontados como os mais vulneráveis ao meningococo (uma das bactérias causadoras de meningite) porque geralmente ainda não desenvolveram anticorpos para evitar o desenvolvimento da doença.

Sinais e sintomas
A meningite que mais chama a atenção pela gravidade é a meningocócica, que requer que todos estejam alertas para os sinais e sintomas para que seja diagnosticada e tratada com rapidez. Quanto mais rápido o diagnóstico e o tratamento, menores as chances de o doente ficar com seqüelas. Os sintomas mais comuns são febre alta, muita dor de cabeça, (este sintoma pode não estar presente desde o início), dificuldade de fazer movimentos com a cabeça (rigidez na nuca), manchas cor de vinho na pele, desânimo e fotofobia (desconforto nos olhos com a luz). Nos bebês, moleira elevada (como se tivesse um galo na cabeça da criança), inquietação, movimentos involuntários e moleza no corpo são alguns sinais possíveis.

Como se transmite?
É normalmente através da fala, tosse, espirros e beijos que o meningococo passa de uma pessoa para outra. Pode-se transmiti-lo sem que se esteja doente.

Como combater a doença?
Existem vacinas contra alguns tipos de Meningite Meningocócica porém elas não são eficazes em crianças menores de 18 meses. Segundo o Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, em crianças maiores de 18 meses e em adultos a proteção da vacina dura de 1 a 4 anos e, por esse motivo, elas não fazem parte do calendário de vacinação, não estando disponíveis nos postos de saúde de diversos estados. A forma de combate da meningite depende da causa. No caso do meningococo, são usados antibióticos (entre outras medicações, de acordo com o estado do paciente). Todo o tratamento, porém, é mais eficaz quanto mais rápido for iniciado. Daí a necessidade de procurar imediatamente ajuda médica, sempre que houver suspeita, para que haja uma boa avaliação do paciente. Pode haver necessidade de avaliação, e até tratamento preventivo, também das pessoas que conviveram mais diretamente com o doente.

Que fazer ao desconfiar que alguém está com meningite?
Procure imediatamente um médico para um diagnóstico seguro e tratamento eficiente. Especialistas na área pedem que você não mande seu filho à escola, caso tenha febre muito alta. Procure descobrir com auxílio de um médico a causa da alta temperatura. Uma vez confirmada a meningite, a direção da escola deve ser avisada. Outra informação importante: após a alta do paciente não existe mais perigo de contaminação, portanto não há motivos para não voltar a freqüentar às aulas, muito menos motivos para discriminação. Também não é preciso fechar escolas que registrem casos de meningite porque o agente causador, o meningococo, não vive no ar ou nos objetos. Além disso, nem todos que entram em contato com o meningococo ficam doentes.

Que seqüelas a meningite pode deixar? As seqüelas podem ser muitas e vão desde dificuldades no aprendizado até a paralisia cerebral, passando ainda por defeitos físicos, como a surdez parcial ou completa.  Do Pai Legal

...

Meningite, infecção no cerébro

O que é? Meningite (MGT) é uma infecção das membranas (meninges) que recobrem o cérebro por elementos patológicos como: vírus, bactérias, fungos ou protozoários. Quando ocorrer comprometimento concomitante do tecido cerebral, pode ser denominado de meningoencefalite.

Como se adquire? A aquisição da infecção está relacionada ao tipo de germe associado. Geralmente, pode estar associado a um quadro infeccioso respiratório, podendo ser viral ou bacteriano, otites (infecção do ouvido) , amigdalites (infecção na garganta), trauma cranioencefálico (germes colonizadores da cavidade nasal podem adentrar a cavidade craniana e contaminar as meninges). Estados de imunossupressão, como aqueles desencadeados pela infecção pelo HIV, podem tornar o indivíduo mais suscetível a apresentar este tipo de doença, principalmente quando a meningite for desencadeada por fungos ou protozoários.

O que se sente? O quadro clínico da MGT é caracterizado por: cefaléia intensa, náuseas, vômitos e certo grau de confusão mental. Também há sinais gerais de um quadro infeccioso, incluindo febre alta, mal-estar e até agitação psicomotora. Além disso, podemos observar a tradicional "rigidez de nuca", um sinal de irritação meníngea. Em crianças, o diagnóstico pode ser mais difícil, principalmente nas menores, pois não há queixa de cefaléia e os sinais de irritação meníngea podem estar ausentes. Nelas, os achados mais freqüentes são: febre, irritabilidade, prostração, vômitos, convulsões e até abaulamento de fontanelas.

Como o médico faz o diagnóstico? O diagnóstico é feito pela anamnese e exame físico completo do paciente. A confirmação diagnóstica das meningites é feita pelo exame do líquor, o qual é coletado através de uma punção lombar (retirada de líquido da espinha). Exames de imagem, sobretudo a tomografia de crânio, não são exames de escolha para o diagnóstico das meningites, mas são indicados quando há alteração focal no exame neurológico, ou se há sinais de hipertensão intracraniana (dor de cabeça, vômitos e confusão mental), ou crises convulsivas, no início do quadro, sem sinais infecciosos gerais.

Como se trata? O tratamento das meningites agudas é considerado uma emergência, principalmente se a suspeita etiológica for bacteriana. Ele deve ser iniciado o mais rápido possível e com antibióticos administrados via endovenosa, pois o paciente corre o risco de vida e de apresentar seqüelas graves nestes casos. Na suspeita de meningite crônica, como aquela provocada pela tuberculose, o tratamento pode ser administrado via oral, sendo que o mesmo se prolonga por semanas.

Como se previne? A prevenção é possível nos casos diagnosticados e com certeza da doença. O uso de máscaras e a profilaxia com antibiótico podem prevenir a meningite das pessoas que estiverem em contato próximo a um paciente que esteja com a infecção.

Do ABC Saude

sábado, 29 de agosto de 2009

Não tenham medo, ainda...

O pior ainda está por vir!
 
Mas reconheçam, nós demos mole.Confiamos, acreditamos, nos deixamos envolver pelo trivial do dia a dia e não vigiamos, não sondamos quem nos cercava.
Agora é tarde, as consequências são e serão pesadas.
Não tenham medo, ainda...
Passada a hora, o significado de LIBERDADE extinguirá os medos

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Abaixo o povo brasileiro

Confirma-se pela enésima vez aquilo que venho dizendo há anos: a maioria absoluta dos brasileiros, especialmente jovens, é um eleitorado maciçamente conservador desprovido de representação política, de ingresso nos debates intelectuais e de espaço na "grande mídia". É um povo marginalizado, escorraçado da cena pública por aqueles que prometeram abrir-lhe as portas da democracia e da participação.

Enquanto as próximas eleições anunciam repetir a já tradicional disputa em família entre candidatos de esquerda, mais uma pesquisa, desta vez realizada pela Universidade Federal de Pernambuco, mostra que, entre jovens universitários, 81% discordam da liberação da maconha e 76% são contra o aborto. "É um comportamento de aceitação das leis... a gente vê a religião influenciando muito a vida dos jovens", explica o coordenador da pesquisa, Pierre Lucena, na notinha miúda, quase confidencial, com que O Globo, a contragosto, fornece a seus leitores essa notícia abominável (v. http://g1.globo.com/jornalhoje/0,,MUL1268367-16022,00-OS+JOVENS+ESTAO+MAIS+CONSERVADORES+E+PREOCUPADOS+COM+O+FUTURO.html).

Na Folha de S. Paulo, no Estadão e no Globo, quem quer que pense como esses jovens – ou seja, o eleitorado nacional quase inteiro – é considerado um extremista de direita, indigno de ser ouvido. Nas eleições, nenhum partido ou candidato ousa falar em seu nome. A intelectualidade tagarela refere-se a eles como a uma ralé fundamentalista, degenerada, louca, sifilítica. Qualquer político, jornalista ou intelectual que fale como eles entra imediatamente no rol dos tipos excêntricos e grotescos, se não na dos culpados retroativos pelos "crimes da ditadura", mesmo se cometidos quanto o coitado tinha três anos de idade.

Nunca o abismo entre a elite falante e a realidade da vida popular foi tão profundo, tão vasto, tão intransponível. Tudo o que o povo ama, os bem-pensantes odeiam; tudo o que ele venera, eles desprezam, tudo o que ele respeita, eles reduzem a objeto de chacota, quando não de denúncia indignada, como se estivessem falando de um risco de saúde pública, de uma ameaça iminente à ordem constitucional, de uma epidemia de crimes e horrores jamais vistos.

Trinta anos atrás eu já sabia que isso ia acontecer. Era o óbvio dos óbvios. Quando uma vanguarda revolucionária professa defender os interesses econômicos do povo mas ao mesmo tempo despreza a sua religião, a sua moral e as suas tradições familiares, é claro que ela não quer fazer o bem a esse povo, mas apenas usar aqueles interesses como chamariz para lhe impor valores que não são os dele, firmemente decidida a atirá-lo à lata de lixo se ele não concordar em remoldar-se à imagem e semelhança de seus novos mentores e patrões. É precisamente isto o que está acontecendo. Jogam ao povo as migalhas do Bolsa-Família, mas, se em troca dessa miséria ele não passa a renegar tudo o que ama e a amar tudo o que odeia, se ele não consente em tornar-se abortista, gayzista, quotista racial, castrochavista, pró-terrorista, defensor das drogas e amante de bandidos, eles o marginalizam, excluem-no da vida pública, e ainda se acreditam merecedores da sua gratidão porque lhe concedem de quatro em quatro anos, democraticamente, generosamente, o direito de votar em partidos que representam o contrário de tudo aquilo em que ele crê.

Pense bem. Se alguém lhe promete algum dinheiro mas não esconde o desprezo que tem pelas suas convicções, pelos seus valores sagrados, por tudo aquilo que você ama e venera, você pode acreditar ele lhe tem alguma amizade sincera, por mínima que seja? Não está na cara que essa é uma amizade aviltante e corruptora, que aceitá-la é jogar a honra e a alma pela janela, é submeter-se a um rito sacrificial abjeto em troca de uma promessa obviamente enganosa? Só um bajulador compulsivo, uma alma de cão, aceitaria essa oferta. Mas as mentes iluminadas que nos governam querem não apenas que o povo a aceite, mas que a aceite abanando a cauda de felicidade.

Do Blog do Olavo de Carvalho

terça-feira, 25 de agosto de 2009

E quando o exemplo de 12 nos lembra dos outros 12

Demissão coletiva na Receita Federal

Por fim, sr. secretário, queremos ressaltar que é por lealdade à instituição a que servimos que tomamos esta difícil decisão. Não podemos permanecer administradores, detentores de cargos de confiança, quando sabemos que hoje é diverso o contexto político-institucional que nos motivou a assumirmos os postos de gerência em nossa Casa, e que não mais subsiste, de parte a parte, a necessária sintonia que justificaria a nossa permanência na gestão.

Atenciosamente,

Altamir Dias de Souza Superintendente da RFB na 4ª Região Fiscal
Dão Real Pereira dos Santos Superintendente da RFB na 10ª Região Fiscal
Eugênio Celso Gonçalves Superintendente da RFB na 6ª Região Fiscal
Fátima Maria Gondim Bezerra Farias Coordenadora-Geral da COCIF
Frederico Augusto Gomes de Alencar Coordenador-Geral da COCAJ
Henrique Jorge Freitas da Silva Subsecretário de Fiscalização
José Carlos Sabino Alves Superintendente-Adjunto da RFB na 7ª Região Fiscal
Luis Gonzaga Medeiros Nóbrega Superintendente da RFB na 3ª Região Fiscal
Luiz Sérgio Fonseca Soares Superintendente da RFB na 8ª Região Fiscal
Luiz Tadeu Matosinho Machado Coordenador-Geral da COSIT
Marcelo Lettieri Siqueira Coordenador-Geral da COGET
Rogério Geremia Coodenador-Geral da COFIS"

Leia a íntegra da carta de demissão dos 12

Dil má: Secretário da Receita exonera assessores de Lina Vieira

Do Dois em Cena

...

Emparedados como Antígona muitos deverão ser para que templo da verdadeira justiça e irmandade seja erguido em terras brasileiras.

Meningite uma morte a cada 2,6 dias na Bahia

Nos primeiros 15 dias de agosto, a meningite matou sete pessoas na Bahia, segundo dados divulgados na segunda-feira (24) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Em 2009, a doença já acumula 87 vítimas. O número corresponde a uma morte a cada 2,6 dias. No total, foram confirmados 768 casos de meningite. Desses, 287 (37,3%) foram de origem bacteriana, 385 (50,1%) virais, 96 (12,5%) não especificadas e de outros tipos.

A coordenadora estadual de imunização da Sesab, Fátima Guirra, explica que a doença - caracterizada por inflamação na membrana que reveste o cérebro - tem um comportamento rápido e de fácil contágio. "Para evitar a elevação no número de óbitos é fundamental que o paciente procure o serviço médico quando houver sinais da doença como febre, rigidez na nuca e falta de apetite", explica. Sobre a elevação no número de casos, Fátima afirma que é resultado do comportamento endêmico da meningite no estado. Em 2008 foram confirmados 1.279 casos de meningite com 123 óbitos no estado. Foram 441( 34%) de origem bacteriana, 659 (52%) virais e 179 (14%) não especificadas e de outros tipos.

Meningogócica

No ano passado, a forma meningocócica da doença, mais grave, matou 26 pessoas, entre os 137 casos registrados. Este ano, ela já foi responsável por 30 mortes, distribuídas em 35 municípios.

As maiores incidências foram nas cidades de Nazaré (10,9/100 mil habitantes), Antônio Cardoso e Terra Nova (7,9/ 100mil hab), Itacaré (7,4/100 mil hab), Ribeirado Amparo e Andaraí (6,8/100 mil hab), Iguaí (6,8/100 mil hab) e Belo Campo (6,6/ 100mil hab).

Guirra preocupa-se com esse crescimento. "É necessário que haja um diagnóstico rápido, tanto laboratorial quanto clínico, para que o caso não seja agravado. Além disso, é fundamental que o manejo do paciente dentro das unidades de saúde seja feito com cuidado para evitar a disseminação da doença", destacou a coordenadora

O que é?
A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro. É causada por bactérias, vírus, parasitas e fungos. Quando eles conseguem vencer as defesas do organismo, aninham-se nas meninges. Elas se inflamam, produzindo pus e a infecção se espalha por todo o sistema nervoso central.

Quais os sintomas?
Em crianças acima de 1 ano de idade e adultos: Febre alta repentina; dor de cabeça intensa e contínua; vômitos em jato; náuseas; rigidez de nuca; podem surgir pequenas manchas vermelhas na pele. Em crianças menores de 1 ano de idade: Os pais devem atentar para a presença de moleira tensa ou elevada, irritabilidade, inquietação com choro agudo e persistente e rigidez corporal com ou sem convulsões.

Como se transmite?
A transmissão é de pessoa a pessoa, por via respiratória, através de gotículas e secreções do nariz e garganta, em contato prolongado e convivência no mesmo ambiente (residentes da mesma casa, colegas de dormitório, creche, alojamento).

"O fator mais preocupante é o crescimento nos casos da forma meningocócica do tipo C, forma mais grave da doença. Os casos aumentaram tanto que já estamos perto da ocorrência de um surto do tipo C", revela . (Mariana Rios)

Leia mais no Correio Globo

...

A população não está informada sobre os sintomas de Meningite

Meningite Meningocócica 

Os principais  sintomas são: febre alta que começa abruptamente; dor de cabeça intensa e contínua; vômitos em jato; náuseas; rigidez dos músculos da nuca, ombros e das costas; falta de apetite; dores musculares e agitação física e mental. Podem surgir manchas vermelhas na pele. Em crianças menores de um ano, os sintomas mais comuns são: moleira tensa ou elevada, irritabilidade; inquietação com choro agudo; rigidez cor-poral com ou sem convulsões. Tratamento antibióticos específicos.Existem vacinas para prevenir alguns tipos de meningite.

 

Saiba mais Meningite Meningocócica

Conheça Sintomas Dengue,Febre Amarela,Meningite, Gripe Suína,Leptospirose

Terrorismo no Brasil

 
 
 

Para abalar a terra inteira, basta que a grande legião em marcha pratique um ato simplíssimo: cruzar os braços...

Para os que chegam à convicção dos próprios erros e numa implícita declaração de incompetência dizem-se desiludidos, abandonar uma posição de comando exprime um ato além de natural, altamente benéfico."Euclides da Cunha

"O lema da nossa bandeira é uma síntese admirável do que há de mais elevado em política. Precisamos, porém, não invertê-lo, o que seria um desastre."

  • Euclides da Cunha às voltas com o Direito - clique aqui

"O ideal democrático melhor do que qualquer outro firma o culto dos grandes homens, fortalece a solidariedade humana e alevanta a justiça suprema da posteridade."Euclides da Cunha

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

E te direi como tomam a Casa

Você mesmo os convida

Confia que falarão por você

Afinal você os respeita!

 

A outros,você contrata como funcionários

Confia que trabalharam honestamente

Afinal você os paga!

 

Com alguns divide sua intimidade

Confia que serão sinceros

Afinal são as palavras e promessas que te convenceram

 

E então você se desarma...

Quando percebe

Eles te seqüestram,te cercam,te amordaçam,te roubam

Te tomam a Casa

 

E assim te disse como tomam a Casa...

 

Não se iluda!

Virão ferozes, exterminadores.

Virão com processos, difamações

Virão com mentiras e traições

Virão com violência inimaginável

 

Assim te tomarão a Casa e a vida

 

E então se encontrará sozinho

No meio da corja de Psicopatas

No meio da corja de omissos

No meio de criminosos

 

Assim  agem

 

Ana Maria C. Bruni

Itacaré - Bahia

e ao povo os ossos

Cães! Queridos cães que abrirão caminho para minha avançada, após a qual eu os dominarei. Façam-me este favor cães, que lhes darei depois um osso ou os restos do pão em minha mesa.

Catilina

sábado, 22 de agosto de 2009

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA MANUAL

O Manual Prático do Portal da Transparência foi criado com o intuito de facilitar a navegação no Portal. O objetivo é orientar, de um modo rápido e simples, o cidadão e os agentes públicos a encontrarem as informações desejadas para conhecer a aplicação dos recursos públicos federais e contribuir com o Governo em seu papel de fiscalização.

É possível navegar item a item pela lista de links abaixo ou, se preferir, acessar o arquivo consolidado do Manual. Todos os arquivos estão disponíveis em formato PDF.

Apresentação

Navegando no Portal da Transparência

Informações para o Incremento do Controle Social

I) Consultas Básicas

1. Gastos Diretos do Governo Federal

2. Transferência de Recursos

3. Convênios

II) Informações para Incremento do Controle Social

4. Aprenda Mais

5. Notícias

6. Fale Conosco

7. Links

8. Perguntas Freqüentes

9. Participação e Controle Social

10. Transparência no Governo

III) Consultas mais procuradas

IV) Cadastro de Empresas Inidôneas e Suspensas

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Os lobos maus da Gripe Suína( A- H1N1)

Um pai,deputado federal, enviou sua filha para uma viagem a Disney. Voltaram ela e mais uma dezena de jovens com sintomas da gripe A. Esse pai e tantas outras famílias resolveram ignorar o significado de  PANDEMIA e enviaram seus filhos para a boca do lobo.
Não consigo entender como entregam seus filhos, ousando desafiar um vírus mortal, para satisfazer um capricho de férias.Bem o tal pai deputado sentiu na pele como é o atendimentoe o tal monitoramento.
...
Nada de panico, recomendam tranquilidade neste momento. No dia 11/08 na Camara houve uma discussão sobre ações adotadas pelo governo para combater a nova gripe ( Influenza A - H1N1).
Entre elogios ao MS e algumas inflamadas sobre o SUS, o que mais surpreende é a "surpresa" como recebem informações,recomendações sobre a Gripe A que deveriam ser básicas para qualquer país. Comentam " muito oportuna a sugestão". falam sobre logística, gestão e forma de atendimentos nos hospitais e sugerem uso de laboratórios particulares. Tudo isto quase 80 dias após decretada a Pandemia.
Como um país não está preparado para proteger a população em casos de Pandemia, Epidemias?
 
Informações sobre a Gripe A do MS 
Esclarecimento à população sobre a distribuição do medicamento contra a nova gripe

e o corpo politico sucumbe

"Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos.
 Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma.
 Um inimigo exterior não é tão perigoso porque é conhecido e carrega suas bandeiras abertamente. Mas o traidor se move livremente dentro do governo, seus melífluos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado.
E esse traidor não parece ser um traidor; ele fala com familiaridade a suas vítimas, usa sua face e suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas.
 Ele arruína as raízes da sociedade; ele trabalha em segredo e oculto na noite para demolir as fundações da nação; ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe."
(Discurso de Cícero, tribuno romano, 42 a.C.)

e não houve um no Senado que contivesse a ira do Mercadante

Não houve um dentre eles/elas que se manifestasse contra o tom ríspido,agressivo e inquisidor deste que é Lider de alguns.
O que se ouviu foram algumas gargalhadas sobre alguns assuntos e silêncio.
Lamentável episódio porém esclarecedor para a Nação, demonstra como agem com as mulheres no Brasil.
Agressividade,intimidação,cumplicidade deles e delas que nos representam.
 
e não se ouviu uma voz...
...
 

Por Reinaldo Azevedo

Acompanho o depoimento de Lina Vieira. Detalharei a questão no post seguinte. Mas deixo um registro. O comportamento do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) é vergonhoso. Só isso! Sinto, em seu lugar, a vergonha que ele não sente, que é uma sensação muito característica quando vemos alguém viver um vexame. Se Mercadante não sabe respeitar alguém que está depondo sob convite numa comissão do Senado, deveria saber tratar, ao menos, uma mulher. Não que Lina devesse ser protegida por isso; não que devesse ser preservada em razão, sei lá, de machismo; não que devesse ser tomada por um ser frágil, já que ela é muito firme. É que falta a Mercadante até mesmo o decoro que seria desejável entre pares. Poderia ter conduzido a sua intervenção na mesma linha, de que trato no post seguinte, mas com civilidade. Ocorre, e agora volto à questão feminina, que a falta de educação de Mercadante parece se exacerbar especialmente quando indaga uma mulher. E isso não deixa de caracterizar a sua coragem. Coragem, aliás, revelada no episódio da abertura de processo contra Sarney no Conselho de Ética. Foi reiteradamente humilhado por Lula e pelos governistas. E ficou calado. Diante de Lina, ele tentou se agigantar. E ficou pequeno.

Do Dois em Cena

e mais no Blog do Reinaldo Azevedo

Salvador é a bruxa

Salvador é a bruxa
 

Jolivaldo freitas

Uso um termo da galera teen... "a bruxa" que pode ter vários significados. Sendo usado conforme a ocasião. Pode ser algo maravilhoso, que excede ou emociona. Significa também o podre, o sem graça o ruim. Exemplos: o corredor Usain Bolt que bateu o recorde de atletismo mundial neste final de semana é a bruxa, no sentido positivo. Ou: o Esporte Clube Bahia que vai cair para a Terceira Divisão é a bruxa, no pior sentido.

E Salvador, como entra nisso? Nossa capital vem a ser, segundo censo demográfico do IBGE a terceira maior cidade do Brasil, atrás apenas de Rio e São Paulo. Salvador é a bruxa. Mas, esta velha capital da Bahia vem sofrendo cada vez mais com violência, fruto do seu crescimento desmesurado. A cada 10 minutos roubam um carro. Nos finais de semana, chegamos a alcançar mais de 20 mortes violentas e ninguém mais tem coragem de dar uma chegada na esquina ou levar o cachorro para passear. Podem roubar o cachorro. Isso se já não levaram a esquina. Esquina à noite é a bruxa.

O vetor de crescimento da cidade foi a leva de migrantes que vieram do sertão nos anos 70 do século passado, tangidos por um dos mais longos períodos de seca que se tinha notícia na história do país (e olha que no final do século XIX Dom Pedro deu as joias da sua coroa para acabar com os problemas causados pela seca no Nordeste). Os sertanejos chegavam aos borbotões em busca de trabalho na construção civil, atraídos pelo "Milagre Brasileiro" protagonizado por Delfim Neto e a ditadura militar. Já chegavam sem ter para onde ir. Pegavam o primeiro ônibus que vissem, seguiam em frente onde tinha uma área despovoada erigiam seus casebres ou palafitas.

Na contramão da pobreza absoluta vinham os técnicos de segundo escalão de todos os pontos do país para tentar a sorte no Polo Petroquímico de Camaçari. A cidade do Salvador passava a ser cidade-dormitório, os preços dos aluguéis subiram à estratosfera e tudo o mais empurrava a pobreza que vinha aos borbotões lá das bandas do sertão para áreas mais distantes do centro. O "Milagre Brasileiro" acabou, veio a crise mundial e Salvador ficou com o mico. Uma população pobre, despreparada e sem emprego, Saúde e Educação. Em cada ponto ao extremo uma invasão. Uma favela. A partir daí só vimos a violência crescer.

A violência não crescia somente em Salvador. Surgia muito mais no Rio e em São Paulo. Nos anos 80 do século passado muita gente da região Sudeste do Brasil decidiu ver o que é que a Bahia tem. Entendeu que Salvador era um mar de rosas frente à escalada de violência de Rio e São Paulo e passamos a receber uma leva de paulistas, cariocas e mineiros e até mesmo gaúchos aos borbotões. A cidade foi ficando mais densa, mais cara e tendo suas deficiências expostas de forma absurda.

A migração do Sul e Sudeste continua, pois ainda existe uma imagem latente de que a Bahia – dentro da realidade nacional – seria uma espécie de Valhala, uma Shangrilá, um paraíso, uma ilha de beleza, cosmopolita, afável, com relação inter-racial e trato social. Tudo regado ao som da Axé Music, água de coco, acarajé, praia e sol. O céu na terra. ("Bahia, terra da felicidade" – Ari Barroso. "Você já foi a Bahia, nego?" – Caymmi. "Sorria, você está na Bahia" – Slogan da Bahiatursa em tempos idos).

Mas o que vê quando se chega aqui para morar e não apenas para fazer o fugaz roteiro Aeroporto, Orla, Porto da Barra, Centro, Mercado Modelo e Pelô, é uma cidade estagnada, agora sabendo-se densamente povoada, com péssimo serviço de transporte, atendimento público improvisado, cheia de dengue e deseducada. O trânsito, que tinha poucas zonas de estrangulamento, está caótico. Até a avenida Paralela, a mais larga (nossa "freeway") quando não está engarrafada está congestionada ou com trânsito lento. Isso até a meia-noite.

E lembrar que com 3 milhões de habitantes a cidade não tem um bom estádio de futebol. Faltam bons teatros (tirante o TCA tudo é cacete armado). Não tem grandes casas para shows. Nenhum artista de renome internacional aparece. A orla é sofrível: vive-se do horizonte e das ondas que quebram na praia. E ainda se mija pelos muros da cidade. Salvador é a bruxa. No Tribuna da Bahia

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Itacaré Histórico

Histórico Itacaré Bahia - BA

Histórico

A cidade de Itacaré teve origem numa aldeia de índios, onde o insigne padre jesuíta, Luís da Grã, erigiu uma capela sob a invocação de São Miguel, batizando a povoação com

o topônimo São Miguel da Barra do Rio das Contas. Em 1718, o arcebispo primaz, Dom Sebastião Monteiro da Vide, elevou aquela capela à categoria de freguesia, com a mesma denominação.

Em 1732, a povoação de São Miguel da Barra do Rio das Contas foi elevada à categoria de vila e a município, em 27 de janeiro, por ordem de D. Ana Maria Ataíde e Castro, condessa de Resende e donatária da capitania de Ilhéus, à qual pertenciam as terras de Itacaré.

Gentílico: itacareense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Barra do Rio de Contas, em 1718.

Elevada à categoria de vila com a denominação de Barra do Rio de Contas, em 27­01-1732. Sede na antiga povoação de Barra do Rio de Contas.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 2 distritos: Barra do Rio de Contas e Faisqueira.

Pelos decretos estaduais nºs 7455, de 23-06-1931 e 7479, de 08-07-1931, transfere a sede de Barra do Rio de Contas para a povoação de Itapira, tomando esta denominação.

Pelo decreto estadual nº 7850, de 16-12-1931, a sede do município do distrito de Itapira para o de Itacaré.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Itacaré e Catulé. Não figurando o distrito de Faisqueira.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Itacaré, Coronel Soares e São Miguel. Não figurando o distrito de Catulé.

Pelo decreto estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito de São Miguel passou a denominar-se Itaipava e o de Coronel Soares a denominar-se Poço Central.

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12.978, o distrito de Itaipava passou a denominar-se Poiri.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Itacaré, Itaipava e Poço Central.

Em divisão territorial datada 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Itacaré, Poço Central e Poiri ex-Itaipava.

Pela lei estadual nº 628, de 301-2-1953, é criado o distrito de Lage do Banco ex­povoado, criado com terras desmembrada do distrito de Poiri e anexado ao município de Itacaré. Sob o mesma lei é criado o distrito de Taboquinhas ex-povoado e anexado ao município de Itacaré.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Itacaré, Laje do Banco, Poço Central, Poiri e Taboquinhas

Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.

Pela lei estadual nº 1579, de 15-12-1961, desmembra do município de Itacaré os distritos de Poiri, Laje do Branco e Poço Central, para formar o novo município com a denominação de Aurelino Leal ex-Poiri.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Itacaré e Taboquinhas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1

EU PROMETO PARA ITACARÉ!

Promessas do Prefeito Eleito
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Perguntas a candidatos

http://www.sos-itacare.org/news+M5a022113eee.html?&cHash=193624461c

http://www.sos-itacare.org/news+M5a022113eee.html?&cHash=e1436f7a0b&tx_ttnews[sViewPointer]=1

Respostas dos candidatos sobre Saúde, Ação Social, Cultura e Esporte

http://www.sos-itacare.org/news+M50392c1be5e.html?&cHash=ec9813cff7

Respostas dos Candidatos sobre Educação, Meio Ambiente e Economia
http://www.sos-itacare.org/news+M5decfb97e7a.html?&cHash=f899a97973

Respostas dos candidatos sobre Administração, Infra-estrutura e Segurança Pública
http://www.sos-itacare.org/news+M5e52d8bf41b.html?&cHash=6b39f3779c

Respostas dos candidatos sobre Turismo e Planejamento Territorial
http://www.sos-itacare.org/news+M54d957c6309.html?&cHash=fc8b56d493

Autor: Comissão de Questões Públicas - Mov. SOS-Itacaré
Fonte SOS Itacaré
 

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

MCCE Campanha Ficha Limpa contra a candidatura de políticos em débito com a Justiça

A Campanha Ficha Limpa foi lançada em abril de 2008 com o objetivo de melhorar o perfil dos candidatos e candidatas a cargos eletivos do país. Para isso, foi elaborado um Projeto de Lei de iniciativa popular sobre a vida pregressa dos candidatos que pretende tornar mais rígidos os critérios de inelegibilidades, ou seja, de quem não pode se candidatar.

O PL de iniciativa popular precisa ser votado e aprovado no Congresso Nacional para se tornar lei e passar a valer em todas as eleições brasileiras. Para isso, é preciso que 1% do eleitorado brasileiro assine esse Projeto, o equivalente a um milhão e trezentas mil assinaturas.

"Para participar da Campanha Ficha Limpa é preciso imprimir o formulário de assinatura. 
Depois de assinar e registrar o número do título de eleitor no documento, basta enviá-lo para o endereço SAS, Quadra 5, Lote 2, Bloco N, 1º andar - Brasília (DF) - CEP. 70.438-900. 
IMPRIMA AQUI O FORMULÁRIO

Pesquisas realizadas pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral:Pesquisas MCCE 2007 Pesquisas MCCE 2009

Conheça a Campanha e o Projeto Histórico Conheça a Lei

domingo, 16 de agosto de 2009

Gripe A Respostas

Quando Setembro vier trará a Ponte Itacaré-Camamu?

Últimas informações dizem que a inauguração só depende da agenda do Gov .Jaques Wagner.
A Ponte de 320 metros de comprimento sobre o Rio de Contas vai abreviar a ligação com a capital Salvador em até 3 horas para quem estiver no eixo de Ilhéus/Itabuna/Itacaré.
O turismo e os produtores da região agradecem.
 
Agradecimentos a parte... Como é que fica a Segurança da região?
 
Em Itacaré os raros PMs circulam de moto, a viatura antiga está sempre parada com defeito e sempre estão sem verba para combustível.A situação da Policia Civil não é diferente. Esperamos que não seja uma nova rota para mais violência e traficantes de drogas na região.

sábado, 15 de agosto de 2009

Muitos brasileiros nas mãos de poucos

População no Brasil 191.582.922 habitantes.

Nas mãos de 81

1/3 dos senadores é alvo de inquérito ou ação na Justiça

27 dos 81 membros do Senado têm ocorrências em diferentes esferas; eles negam acusações

Denúncias vão de supostos crimes eleitorais, como a compra de votos, até uso de trabalho escravo ou danos ao patrimônio histórico


FERNANDO BARROS DE MELLO
PEDRO DIAS LEITE
DA REPORTAGEM LOCAL

Um terço dos senadores é alvo de inquéritos, ações penais no STF (Supremo Tribunal Federal) ou acusações de irregularidades eleitorais ou cíveis. Levantamento feito pela Folha nos dados de diversos tribunais do país aponta que 27 dos 81 senadores do Brasil enfrentam algum caso na Justiça.
O cálculo não leva em conta litígios de natureza particular ou movidos apenas por adversários políticos.
A revelação ocorre num momento em que o Senado enfrenta uma das piores crises de sua história, na esteira de uma série de denúncias contra seu presidente, o senador José Sarney (PMDB-AP).
Dos 27 senadores com ocorrências na Justiça, 10 são da oposição e 17 da base aliada. O partido com maior número de senadores citados na Justiça é o PMDB, 8 de uma bancada de 19 congressistas (42%).
Do total de senadores com ocorrências na Justiça, cinco são suplentes que assumiram o cargo com a saída do titular.
Esse é o caso de Roberto Cavalcanti (PRB-PB), que assumiu a vaga de José Maranhão (PMDB), empossado governador da Paraíba, após a cassação do tucano Cássio Cunha Lima.
Cavalcanti respondia na Paraíba por corrupção ativa e uso de documento falso. O caso está agora no STF, onde há outro inquérito por corrupção.
Membro da chamada "tropa de choque" governista e de Sarney, Gim Argello (PTB-DF), que assumiu após renúncia do senador Joaquim Roriz (PMDB-DF), é alvo de inquérito por apropriação indébita, peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O caso está sob segredo de Justiça.
Outro aliado de Sarney, Wellington Salgado (PMDB-MG), que assumiu a vaga de Hélio Costa, é alvo de inquérito sob acusação de crime contra a ordem tributária e apropriação indébita previdenciária.
Vice-presidente do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO) responde a dois inquéritos no STF que tratam de irregularidade em licitação pública e crime contra a administração.
A Procuradoria Geral da República fez parecer pelo recebimento de denúncia contra João Ribeiro (PR-TO) em inquérito que trata de uso de trabalhador em condição análoga a escravidão. O STF ainda não decidiu. Outro inquérito, que envolve o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), trata de contrabando ou descaminho.
Líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR) tem dois inquéritos no STF. Um deles trata de captação ilícita de votos e corrupção eleitoral; outro, de desvio de verbas públicas.
Valdir Raupp (PMDB-RO) tem duas ações penais, sob acusação de gestão fraudulenta de instituição financeira e crime contra a administração pública. A Procuradoria Geral da República deu parecer pelo arquivamento no primeiro caso e fez denúncia no segundo. Ambos aguardam decisão. Raupp tem mais três inquéritos.
O senador Expedito Júnior (PR-RO) teve a cassação confirmada pelo TSE em junho, sob acusação de abuso de poder econômico e compra de votos. Ele permanece no Senado.
Alvos na Justiça, alguns senadores ocupam a presidência ou a vice-presidência de importantes comissões do Senado. Em alguns casos, a área de atuação tem relação com as acusações imputadas a eles.
Wellington Salgado, vice-presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, é alvo de dois inquéritos por crime contra a ordem tributária e apropriação indébita previdenciária.
O senador Lobão Filho (PMDB-MA), vice-presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática, é réu no STF sob acusação de crime contra as telecomunicações.
Cícero Lucena (PSDB-PB), vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle, é réu em ação penal, acusado de desvio de verba pública e fraudes em licitações.
Processo contra o presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura, Fernando Collor (PTB-AL), trata de falsidade ideológica, peculato, tráfico de influência e corrupção ativa.
O tucano Eduardo Azeredo (MG), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, foi denunciado pela Procuradoria Geral da República por envolvimento no mensalão mineiro, suposto esquema de desvio de verba ocorrido em 1998.

Próximo Texto: Outro lado: Senadores refutam acusações de processos

outro lado

Senadores refutam acusações de processos

DA REPORTAGEM LOCAL

Os senadores ouvidos pela Folha negam as acusações levantadas em processos ou investigações judiciais.
O advogado do senador Fernando Collor (PTB-AL), Fernando Neves, disse que a ação penal sobre dívida tributária está trancada e os débitos estão sendo parcelados. Sobre o processo em que Collor é réu, entre outros crimes, por corrupção, diz que é denúncia feita quando ele era presidente da República (1990-1992) e que o resultado será favorável.
O senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO) disse que ele "apenas é arrolado, junto com outras 63 pessoas" no inquérito no STF. "Confio na Justiça do meu país e estou absolutamente seguro da minha inocência em relação aos fatos que estão sendo apurados no inquérito."
A defesa do senador Expedito Júnior (PR-RO), cassado pelo TSE, sustentou que as provas não são suficientes e que os depoimentos prestados são controversos e devem ser reavaliados. Acusa ainda as testemunhas de receberem de Acir Gurgacz -segundo colocado nas eleições e que deve assumir a vaga- gratificação mensal em retribuição ao depoimento.
A assessoria de Gim Argello (PTB-DF) disse que a defesa foi apresentada, que ele não acredita que será denunciado e que não há nenhuma ação penal, apenas o inquérito.
O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) não respondeu à Folha. Em outras ocasiões, ele disse que é incorreto o uso da palavra mensalão e que o que houve foi prestação incompleta de contas eleitorais.
O senador João Ribeiro (PR-TO) diz, sobre os processos por peculato e formação de quadrilha, que são assuntos antigos e ainda não teve a oportunidade de provar sua inocência.
Sobre a acusação de uso de trabalho escravo, diz que nada foi provado e que no TRT da 18ª Região (Pará), a representação foi transformada em "irregularidade trabalhista" e a multa, reduzida para R$ 70 mil. "Estou novamente recorrendo da decisão porque também considero injusta a multa aplicada."
A defesa de Roberto Cavalcanti (PRB-PB) sempre sustentou que seu cliente não pode ser responsabilizado pelos crimes apontados e que não há provas contra ele.
O senador Marconi Perillo (PSDB-GO) disse ser inocente e atribuiu as ações a rivais políticos. Afirmou que foi acusado de usar aeronave do governo durante a campanha, mas que tem notas provando que alugou aviões para os trechos.
Em outro caso, disse que seu nome foi usado indevidamente por um prefeito, sem nenhuma participação sua. Em inquérito sobre contrato irregular de agência de publicidade, disse que não era o responsável pelo gasto -que, mesmo assim, era legal, segundo ele.
A assessoria do senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA) culpou um problema técnico. "A questão central da acusação contra o senador Epitácio Cafeteira é um erro formal comum a quase todos os candidatos das eleições de 2006: ausência de individualização dos gastos com a propaganda eleitoral gratuita da TV", disse.
Romero Jucá (PMDB-RR), por meio da assessoria, atribuiu o fato de os casos ainda estarem no STF à morosidade da Justiça. Disse que o inquérito por corrupção eleitoral foi arquivado pelo TSE. No de desvio de verbas, afirmou ser testemunha. O Supremo avalia se recebe a denúncia.
O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) disse, pela assessoria, que "o único inquérito que existe fui eu que solicitei". Ele pediu que fosse investigado no auge das denúncias que o levaram a renunciar à Presidência do Senado, em 2007.
A assessoria da senadora Katia Abreu (DEM-TO) disse que, em junho de 2006, a Justiça Federal do Tocantins julgou totalmente improcedente a ação da Procuradoria sobre crimes ambientais, "reconhecendo a insubsistência de responsabilidade no caso e a ausência de danos". O que existe hoje é um recurso do Ministério Público, contestado pela senadora.

Arquivamento
No caso de Rosalba Ciarlini (DEM-RN), o relator do processo no STF propôs arquivamento do caso, que espera votação dos ministros. "Fiz de boa-fé, para gerar empregos", disse, sobre obra no estacionamento de supermercado, quando era prefeita de Mossoró.
O advogado de Valdir Raupp (PMDB-RO), José de Almeida Jr., disse que "todos os processos são porque ele perdeu a eleição em 1998, e a oposição partiu para cima da gente". Uma das duas ações penais já teve parecer favorável ao arquivamento. No caso dos três inquéritos, diz que as denúncias não devem ser acatadas; em um deles, existem cinco votos a favor de abertura de ação.
A assessoria do senador Wellington Salgado (PMDB-MG) não respondeu à Folha. Quando o inquérito contra ele foi aberto, em 2007, ele afirmou que participava de um programa de refinanciamento de dívidas com o governo, mas que em determinado momento a sua adesão foi cancelada. Disse que nunca deixou de declarar e que iria se defender judicialmente.
A assessoria de Mauro Fecury (PMDB-AM) disse que ele doou o imóvel que levou à ação por danos ao patrimônio, para que fosse restaurada. Sobre o INSS, diz que houve acordo e a dívida está sendo paga.
O senador Mário Couto Filho (PSDB-PA) diz, por meio de sua assessoria, que "não houve dolo [intenção]" tanto no caso da ação penal quanto no do inquérito, ambos por desobediência a ordens para que um outdoor e uma pintura de muro que faziam propaganda fossem retirados. Afirma que houve acordo de doações de medicamentos.

Adversários
A senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE) disse, via assessoria, que teve decisões favoráveis no Tribunal de Justiça de Sergipe e atribuiu os processos no TRE a adversários. O mesmo argumento de João Vicente Claudino (PTB/ PI).
O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) afirmou, pela assessoria, que não pode dar declarações sobre inquérito em segredo de Justiça, mas que sua defesa é "consistente".
O senador Jayme Campos (DEM-MT) disse que um dos casos trata de uma permuta de terras que não contou nem sequer com a assinatura, quando era governador, e que houve exploração política.
Sobre o inquérito que tratava de licitação, disse que foi para compra de equipamentos para uma região que passava por um surto de malária e que a entrega caberia ao governo que o sucedeu. "Todo homem público está sujeito às injustiças e às armadilhas malévolas dos adversários", disse.
Não responderam à Folha os senadores Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), Cícero Lucena (PSDB-PB), Lobão Filho (PMDB-MA) e Inácio Arruda (PC do B-CE).
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1008200903.htm

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Diretor do Senado acusado de bater em mulher

O atual diretor-geral do Senado Federal, Haroldo Feitosa Tajra (diretor de uma Casa que faz leis, entre elas a poderosa Lei Maria da Penha), mostrou que não se importa muito para isso. Ao menos não quando se trata de relacionamento dele com mulheres.

Acontece que o Diretor-Geral do Senado Federal está respondendo a processo na Justiça por espancar a ex-mulher, a sogra e até uma namorada, além de ser acusado de conspirar para assassinar a primeira. O processo foi descoberto pelos repórteres Mino Pedrosa, Hugo Marques e Sérgio Pardellas, da revista IstoÉ...
 

A poça de lama

Há mais de uma década a poça era enorme quase uma lagoa, água e lama se misturavam e assim ficou por anos. Aceitei a poça na ilusão de desbravar o paraíso.Na utopia que teria como combater a lama com o tempo.
No tempo o calçamento foi chegando no bairro. Ruas recém abertas foram calçadas, ainda esperava resignada junto a poça lamacenta e peçonhenta. Mais ruas sendo abertas e calçadas, menos a minha.
De vez em quando a chuva não era constante então a poça secava, o buraco continuava, o macho da poça, O POÇO ficava marcando seu espaço
Eu esperava transformações, obras, movimento, ação, limpeza, organização.A poça,o poço e eu na disputa.
Qual não foi a surpresa em véspera de eleições as pedras chegaram, aterros, obras em execução. Esperança!
Qual nada! A poça continua! Desviaram as obras., calçaram outras novas ruas, ao lado da minha. Alguém não recebeu votos,deixando pedras e a poça...
 
Eu e a poça, agora a poça virou duas, enormes sempre cheias de água e lama. As pedras lá ficaram jogadas nos cantos.O aterro nas ruas vizinhas, mal feito, faz com que as águas das chuvas escorram das ruas em direção a meu terreno. As águas da poça venceram, o Pântano do descaso, da sujeira, da lama invadem.Não existe espaço para a limpeza e sim para a podridão e o descaso.
...
 
Traduzindo
 
Não se desbrava infernos, somos sepultados pela sua lama!
 
Ana Maria C. Bruni
Itacaré - Bahia

Brasil do Bolsa Família

Augusto Nunes da Silva  entrevista na Veja.com Neili Santos Ferreira, diarista: o Brasil do Bolsa Família

...

Renda da família R$ 1.800,00 mes

 

Assista o video e a entrevista  Veja.Com

...

 

O Programa Bolsa Família (PBF) é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza (com renda mensal por pessoa de R$ 60,01 a R$ 120,00) e extrema pobreza (com renda mensal por pessoa de até R$ 60,00), de acordo com a Lei 10.836, de 09 de janeiro de 2004 e o Decreto nº 5.749, de 11 de abril de 2006.

...

O Bolsa Família, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), é um instrumento governamental de transferência direta de renda para famílias em situação de pobreza ou miséria.

...

O Bolsa Família é executado pelos municípios. Cabe à prefeitura realizar o cadastramento das famílias, por meio do Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico. A seleção das famílias, no entanto, é feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Podem fazer parte do Bolsa família

  • As famílias com renda de até R$ 69,00 por pessoa, por mês;
  • As famílias com renda entre R$ 69,01 a R$ 137,00 por pessoa, por mês, e que tenham crianças e adolescentes com idade entre zero e 15 anos ou gestantes;
  • As famílias com renda entre R$ 0,00 a R$ 137,00, por pessoa, por mês, e que tenham adolescentes entre 16 e 17 anos;
  • Famílias que atendem aos critérios do programa e estão inscritas em outros programas federais.
O programa oferece às famílias dois tipos de benefícios:

 
  • Básico - Concedido às famílias em situação de extrema pobreza. O valor desse benefício é de R$ 62,00 mensais, independentemente da composição e do número de membros do grupo familiar.

  • Variável - Destinado a famílias que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes até 15 anos. O valor mínimo é de R$ 20,00 e cada família pode acumular até três benefícios, ou seja, R$ 60,00
  • Variável para Jovem - Destinado a famílias que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos. O valor do benefício é de R$ 30,00 e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 60,00.Da Caixa
...